quinta-feira, 28 de abril de 2011

é assim...

Tento viver pra fora mas as coisas de dentro me escapolem me atropelam

domingo, 17 de abril de 2011

Será?

O parque, os pássaros, um peixe, e o vento estavam inquietos.

Será que eles sabiam que era sexta-feira?...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Incompreensão

Não compreendera o texto Para isso bastaria mergulhar mais fundo Ali, bem ali, logo depois da aparência

terça-feira, 12 de abril de 2011

Momento

Na sala dos meus pensamentos um piano e mãos sem rima

Tento desenhar um novo poema sem amor sem tema

Mas no cerne do meu ser encontro um bêbado de dor

tropeçando no chão da minha história no verbo e na gramática

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Súplica Ceraense - Luiz Gonzaga

Oh! Deus,
perdoe esse pobre coitado,
que de joelhos rezou um bocado,
pedindo pra chuva cair,
cair sem parar.

Oh! Deus,
será que o senhor se zangou,
e é só por isso que o sol se arretirou,
fazendo cair toda chuva que há.

Oh! Senhor,
pedi pro sol se esconder um pouquinho,
pedi pra chover,
mas chover de mansinho,
pra ver se nascia uma planta,
uma planta no chão.

Oh! Meu Deus,
se eu não rezei direito,
a culpa é do sujeito,
desse pobre que nem sabe fazer a oração.

Meu Deus,
perdoe encher meus olhos d'água,
e ter-lhe pedido cheio de mágoa,
pro sol inclemente,
se arretirar, retirar.

Desculpe, pedir a toda hora,
pra chegar o inverno e agora,
o inferno queima o meu humilde Ceará.

Oh! Senhor,
pedi pro sol se esconder um pouquinho,
pedi pra chover,
mas chover de mansinho,
pra ver se nascia uma planta no chão,
planta no chão.

Violência demais,
chuva não tem mais,
corrupto demais,
política demais,
tristeza demais.
O interesse tem demais!

Violência demais,
fome demais,
falta demais,
promessa demais,
seca demais,
chuva não tem mais!

Lá no céu demais,
chuva tem,
tem, tem, não tem,
não pode tem,
é demais.

Pobreza demais,
como tem demais!(Falta demais),
é demais,
chuva não tem mais,
seca demais,
roubo demais,
povo sofre demais.
Oh! demais.

Oh! Deus.
Oh! Deus.
Só se tiver Deus.
Oh! Deus.
Oh! fome.
Oh! interesse demais,
falta demais...!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

TERRA

A Terra também é irregular...